História do Pneu

A INVENÇÃO QUE DURA ATÉ HOJE

O pneu como você o conhece e confia até hoje foi inventado por Dunlop, em 1888. Ano em que o inventor instalou um tubo de ar nos aros do triciclo de seu filho. Daí o seu primeiro nome: “pneumático”. Um pneu mais leve, estável e confortável como nunca houve antes. E que comprovou sua eficiência ao longo de mais de 120 anos de pioneirismo e desempenho sem igual nas ruas de todo o mundo.

dunlop-historia

Quem já começa na frente não pode ficar para trás. Por isso, ao longo desses 120 anos, cada inovação tecnológica da Dunlop foi colocada à prova em competições automotivas de todos os tipos. Alcançamos resultados excepcionais, incluindo 66 vitórias na Formula 1, ganhando 8 títulos, e 34 vitórias na Le Mans: a tradicional corrida de resistência com 24 horas de duração. Hoje, nossa reputação é insuperável entre os amantes de conforto e velocidade automotiva.

QUEM FOI JOHN BOYD DUNLOP

dunlop-inventor

Ao perceber as dificuldades de seu filho em pilotar um triciclo, o veterinário escocês John Boyd Dunlop (1840 – 1921) não imaginava estar a um passo de uma invenção que revolucionaria os transportes do mundo inteiro. O desconforto do seu filho em mover as rodas de madeira maciça, duras e que trepidavam no chão, deu a Dunlop a brilhante ideia do pneu como o conhecemos hoje.

Foi então que Dunlop criou o “pneumático”: composto de uma câmara de borracha cheia de ar para ser colocada no triciclo do seu filho. A invenção deu tão certo que Dunlop patenteou de imediato a sua ideia e começou a desenvolvê-la num empreendimento comercial, fundando o que dois anos depois ficou conhecida como a Dunlop Pneumatic Tire Co. Ltd.(a empresa de pneus mais antiga do mundo), que construiu fábricas pelo mundo e originou uma das marcas mais famosas da história.

Hoje, a mesma preocupação que Dunlop teve com o conforto e segurança de seu filho está nas motos, carros de passeio, caminhões e ônibus de seus usuários em todo o mundo.